Menu fechado

Veículos: da CNH até a manutenção preventiva

CNH

A obtenção da CNH (Carteira Nacional de Hbailitação) é o primeiro passo para quem deseja conduzir um veículo. Para essa licença é necessário buscar uma auto escola, assim como dar entrada na documentação no Departamento Estadual de Trânsito.

Além disso, o candidato precisa passar por alguns exames de avaliação psicológica, assim como aulas teóricas e práticas, simulações de condução, para depois estar apto a prova prática.

Se o aluno foi aprovado, ele recebe a sua carteira nacional de habilitação que é provisória e tem durabilidade de um ano, período em que o aluno será avaliado pelo departamento de trânsito, no que se refere a multas e infrações.

Além disso, o aluno precisa decidir qual é a categoria que ele deseja aprender a dirigir, como por exemplo, a carteira habilitacao A, B, C, D ou E, ou ainda, se deseja mesclar entre A e B, por exemplo.

Aa seguir, falaremos sobre as categorias da obtenção da carteira nacional de habilitação, assim como algumas responsabilidades que o condutor deve ter no trânsito.

As categorias da CNH

Para iniciarmos a discussão acerca das categorias de trânsito, é importante saber diferenciá-las. Primeiro, a carteira de habilitacao A, habilita o condutor para dirigir motos ou veículos de no máximo três rodas.

No caso da categoria B, o motorista está habilitada para a condução de automóveis, assim como de caminhonetes, desde que o peso do automóvel não exceda a 3.500 kg.

No caso da categoria C, o condutor está habilitado para conduzir veículos maiores de 8 lugares, como por exemplo, um caminhão. Já na categoria D, o condutor está autorizado para transportar passageiros como é no caso de ônibus e micro-ônibus.

Vale ressaltar que, para obtenção da categoria para condução de caminhões ou ônibus é necessário que o motorista já tenha habilitação na categoria B,  que permite a condução de automóveis .

Ainda, existe uma outra categoria que é a categoria E que permite a condução também de reboques, assim como trailer, que estejam acoplados.

O laudo de transferência

Após conhecer e identificar quais são as categorias previstas no Código Brasileiro de Trânsito e que são regidas pelo Departamento de Trânsito, é importante compreender sobre o laudo de transferencia de veiculo, que ocorre em procedimentos de compra ou venda.

Esse laudo de transferência tem como objetivo identificar a procedência do veículo, assim como se existem irregularidades em seu motor, documentação e até mesmo, quesitos de segurança.

Este tipo de laudo traz uma confiabilidade no comprador de que o veículo realmente é autêntico e não foi roubado ou sofreu algum tipo de alteração.

Para que a realização do laudo de transferencia ocorra, é necessário buscar por uma empresa que seja credenciada pelo Departamento de Trânsito do seu estado, pois ela possui habilitação para verificação do veículo.

Basicamente, o avaliador verificará:

  • O RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores);
  • A documentação do carro;
  • O número do chassi;
  • Elementos da suspensão veicular;
  • A quilometragem do automóvel;
  • Os equipamentos de segurança.

Além disso, algumas fotos do automóvel são tiradas para facilitar esta análise. Depois, um resultado é emitido, permitindo ao comprador verificar a procedência do veículo e reduzindo os riscos de sofrer algum tipo de golpe.

A manutenção do seu automóvel

Além da importância de obter o laudo de  transferência do veículo para segurar que o motorista realizou uma boa compra, existem outros procedimentos de responsabilidade do condutor que envolvem a manutenção veicular.

É fundamental que essa manutenção ocorra de forma preventiva, que é um tipo de manutenção que se refere a cuidados prévios que todo veículo deve ter, variando desde a troca de óleo, dos pneus até a verificação da bateria 70.

A bateria é um componente elétrico que tem como objetivo transformar energia química em elétrica, proporcionando o funcionamento do veículo.

Sem energia elétrica o veículo não liga e não consegue exercer suas funcionalidades, que variam desde o acendimento dos faróis e de partes internas, assim como o funcionamento de sistemas de refrigeração e aquecimento veicular ou segurança.

Por conta disso, é importante verificar as condições de bateria 70 amperes, visando identificar:

  • O prazo de validade;
  • Se existe algum componente do painel que não funciona;
  • A capacidade da bateria;
  • O melhor modelo para o seu automóvel.

Dessa forma, o veículo será muito mais seguro e será possível conduzir com eficiência e segurança no trânsito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *