Menu fechado

Verificação de documentos obrigatórios de veículo

Documentos

A comercialização de veículos por concessionárias é o trajeto mais comum, para aqueles motoristas que querem adquirir um veículo zero quilômetro.

Como todo modelo que sai da fábrica passa por inspeções rigorosas de qualidade, todos os laudos são emitidos de forma automática, sendo entregue ao proprietário um documento, permitindo transitar com o veículo, por todo o território nacional, conforme o emplacamento no município de residência do proprietário.

Mesmo com a aplicação de todas as inspeções de qualidade, muitas vezes os veículos precisam passar por recall, que acontece quando os problemas surgem a partir de uma determinada quilometragem dos veículos.

Documentos apontam origem de veículo

Neste momento, as montadoras emitem um alerta aos proprietários, solicitando o comparecimento a uma concessionária da própria marca, para que seja realizado uma vistoria veicular, e as peças que precisam sejam substituídas de maneira gratuita.

Muitas empresas oferecem este tipo de serviço por tempo indeterminado, mas a responsabilidade dos proprietários deve ser compartilhada, pois o quanto antes seja feita a troca das peças, menor a possibilidade de ocorrer qualquer tipo de acidente.

Mas o mercado de comércio de veículos é amplo, com uma gama de agências de veículos que vendem carros seminovos, a base de troca de outros veículos, ainda mais usados.

Nestes casos, é preciso apresentar garantias de que os veículos que estão à venda possuem todos os documentos regularizados, assim como a qualidade de motor, com as vistorias de emissão de gases poluentes devidamente de acordo com as leis ambientais vigentes.

O mercado oferece serviços especializados, que podem realizar todas as verificações, e colocar à disposição do mercado consumidor um veículo usado, mas em total acordo quanto à documentação, motorização e acessórios.

Para isto, o laudo veicular pode ser realizado de maneira prática e segura por profissionais especializados, que se utilizam de equipamentos eletrônicos, para verificar as condições de uso de uma moto, um carro, uma caminhonete ou um caminhão.

Após a análise precisa de todos os pontos de verificação, a empresa emite um laudo de transferência veicular, que vai fazer parte dos documentos que serão entregues para a loja revendedora, garantindo a procedência e todas as particularidades relacionadas ao veículo.

Deste modo, as emissão de gases e a produção de ruídos também são verificados, e a substituição de sistemas do motor, como o escapamento, podem ser substituídos, em tempo hábil, para poder ser entregue a um novo proprietário, após a venda.

Em casos de presença de qualquer tipo de dívida ativa, como multas ou taxas junto ao departamento de trânsito, a responsabilidade é comunicada ao proprietário anterior, para que os pagamentos sejam realizados, ou então seja descontado a partir do pagamento feito pelo novo proprietário.

Veículos de leilão com garantia

O mercado de leilão de veículos cresceu muito, no país, com a possibilidade de aquisição de carros recuperados, após a desistência de compra por parte de consumidores, com a falta de pagamentos, e também com a recuperação de carros recuperados por empresas de seguro.

Desta forma, muitos proprietários de veículos buscam uma forma de adquirir um bem por meios lícitos, a um custo mais baixo, pagando apenas os custos devidos, referentes a taxas bancárias, ou então a impostos devidos ao governo, como multas e outras deduções pertinentes ao mercado automobilístico.

As empresas responsáveis pelos leilões devem emitir um laudo cautelar, indicando a procedência do veículo, com algumas observações, que devem constar dos documentos emitidos ao novo proprietário, como:

  • Demarcações de fábrica em motor e chassi;
  • Análise estrutural, como longarinas e colunas do veículo;
  • Restrições judiciais ou bancárias;
  • Registros de fabricação e sinistros.

Todo este trabalho deve ser de responsabilidade das empresas realizadoras de leilões, que colocam à disposição de interessados, todas as informações pertinentes à vistoria cautelar veicular.

Com toda a documentação em ordem, é possível o registro regulamentar de toda a documentação, junto ao departamento de trânsito municipal e estadual, com a atualização de placas dianteiras e traseiras, em casos de veículos de quatro ou mais rodas, e da placa traseira, em casos de motocicletas adquiridas desta forma.

Como muitos carros são recuperados, dos mais antigos aos mais novos, é preciso que tudo esteja devidamente documentado, até mesmo uma retifica de motor fusca, que pode passar por alterações e devem ser informadas ao proprietário atual, contribuindo com toda a garantia possível da legalidade do negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *