Menu fechado

Veículo: saiba quais são os seus cuidados principais

veículo

Comprar um veículo é uma alegria muito grande na vida de algumas pessoas, especialmente, quando é o primeiro. O sentimento de independência e a facilidade de mobilidade faz parecer tudo perfeito e possível, no entanto, ter um carro é uma grande responsabilidade.

Primeiro, porque ele pode ser uma arma perigosa na mão de quem não respeita as leis de trânsito, o que pode levar a fatalidades.

Em segundo lugar, porque por ser um bem de alto valor acaba precisando de investimentos com rastreamento automotivo, por exemplo.

Entretanto, para que se torne mais fácil a manutenção, existem alguns direcionamentos a serem seguidos.

Limpeza interna e externa

Parece um pouco óbvio, no entanto, muitas vezes as pessoas acabam se descuidando desse ponto, o que acaba deteriorando o bem.

Visto que a sujeira pode provocar manchas na pintura e dependendo do tempo comprometer o aspecto da lataria. 

Além disso, a falta de higienização dentro do automóvel pode acumular substâncias nocivas à saúde, como:

  • Fungos;
  • Bactérias;
  • Ácaros;
  • Vírus.

Provocando assim, alergias em pessoas suscetíveis a doenças respiratórias ou que tenham o organismo mais fraco.

Portanto, ela se torna tão indispensável quanto o serviço de guincho em uma situação de emergência em rodovias.

Alinhamento e balanceamento

Outro ponto importante, especialmente, para a segurança é o alinhamento do carro que vai assegurar aspectos importantes, como evitar o desgaste irregular dos pneus, intensificar o atrito do pneu com o solo, e melhorar a dirigibilidade.

No caso do balanceamento, ele vai garantir que a roda gire sem provocar grandes vibrações no automóvel em determinadas velocidades e circunstâncias. 

Zelo com vidros do carro

Assim como o rastreamento de carros é algo que deve-se ter atenção, com os vidros do automóvel também.

Não é raro observar que com o tempo e mal uso alguns veículos acabam ficando com os vidros riscados, o que deixa o carro com aparência de velho.

Para evitar isso, a dica é não ligar o limpador de para-brisa quando o vidro não estiver molhado, pois quando está seco contém a poeira e outros resíduos que podem ocasionar riscos e arranhões.

Portanto, para que o veículo não se torne uma dor de cabeça e ainda tenha aparência de novo por mais tempo, é preciso se atentar aos pontos acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *