Menu fechado

Vantagens dos testes diagnósticos para a manutenção de carros

Os exames anuais do seu médico mantêm você de boa saúde, certo? Bem, o mesmo vale para o seu carro — testes de diagnóstico regulares podem detectar problemas com seu veículo antes que eles necessitem de reparos caros, ou pior, deixem você preso à beira da estrada após uma avaria.

E, enquanto muitas pessoas pensam que os testes de diagnóstico são necessários apenas quando a luz do mecanismo de verificação acende ou quando há danos na funilaria, na verdade, há mais benefícios em adotar uma abordagem proativa à manutenção do carro.

Procure uma oficina de confiança

Todos os componentes que saem das fábricas de autopeças são projetados com precisão, fabricados segundo os padrões do equipamento original e sujeitos a parâmetros de desempenho rigorosos.

A qualidade e a confiabilidade padrão dos componentes de pós-venda oferecem um alto valor aos clientes de uma Oficina de Pintura Automotiva e de autopeças.

Fabricam-se peças projetadas para as condições climáticas locais contribuindo para uma direção mais segura e com menor consumo de combustível, além de acessórios automotivos que aumentam o prazer da sua experiência no carro.

Existem muitas vantagens em levar o seu carro para uma oficina mecanica de confiança, tais como:

  • Menos desperdício;
  • Retorno mais rápido;
  • Inventário diminuído;
  • Fluxo de trabalho mais suave;
  • Testes de diagnósticos otimizados.

Detecção de problemas

De todos os avanços tecnológicos do setor automotivo ao longo das décadas, um dos mais benéficos para os consumidores e para os técnicos de automóveis foi a informatização dos componentes do carro.

Semelhante à maneira como os médicos usam exames médicos para identificar problemas de saúde, os mecânicos usam um diagnóstico por computador para determinar o problema com o seu carro.

Depois de verificar o computador de bordo do seu veículo e recuperar os códigos de diagnóstico, os profissionais trabalham para diagnosticar o mau funcionamento. A partir daí, são determinados quais reparos são necessários para evitar danos ao motor e levá-lo de volta à estrada com segurança.

Ou seja, usando software especializado, as ferramentas de diagnóstico do carro apontam com rapidez e precisão para áreas problemáticas no motor de um carro ou em qualquer outro lugar, graças aos processadores, microchips e sensores embutidos.

Os testes de diagnóstico podem revelar problemas no motor, na transmissão, no sistema de escapamento, nos freios, no Radiador automotivo e em outros componentes principais de um carro, além de problemas de desempenho com o injetor de combustível, fluxo de ar e refrigerante, bobinas de ignição e acelerador.

No entanto, um equívoco comum sobre os testes de diagnóstico de automóveis é que os técnicos podem usar ferramentas de leitura de código para determinar o problema exato que acionou a luz do mecanismo de verificação.

Na realidade, o código informa aos técnicos quais parâmetros de mecanismo ou componente estão fora da faixa, mas não detalha a causa dos problemas. É aí que o bom e velho cérebro humano é útil, pois o técnico usa experiência e conhecimento para diagnosticar o problema subjacente.

Antes do surgimento dos testes de diagnóstico de automóveis, a identificação de problemas era demorada e cara, especialmente considerando que os proprietários de automóveis só traziam seus carros para a mecânica após um colapso ou outro mau funcionamento grave no Amortecedor automotivo ou no motor, por exemplo.

Agora, os componentes do carro computadorizados podem detectar problemas muito antes de causar um colapso.

As ferramentas de diagnóstico também podem verificar se há notificações do fabricante no sistema de computador de um carro e informações armazenadas sobre o histórico do carro, fornecendo aos técnicos uma imagem completa para realizar o melhor reparo possível.

Você não precisa esperar pela luz do mecanismo de verificação para fazer um teste de diagnóstico do carro. Se você ouvir ou sentir algo “desligado”, a mecânica poderá usar testes de diagnóstico para descobrir o problema.

No entanto, muitos técnicos recomendam levar seu carro para uma verificação de diagnóstico pelo menos uma vez por ano, o que descobrirá pequenos problemas que não podem ser vistos ou ouvidos (e que não acionam a luz do mecanismo de verificação).

O teste de diagnóstico também é uma ferramenta útil quando você está comprando um carro usado.

Tanto os vendedores particulares quanto os revendedores profissionais de carros devem concordar com um teste de diagnóstico antes que você se comprometa com a compra; caso contrário, isso é um sinal de que você duvidar da autenticidade desse negócio.

Enfim, uma oficina de confiança, além de testes de diagnóstico especializados, também oferece uma variedade de serviços e reparos, incluindo alinhamentos, freios, inspeções de poluição atmosférica, trocas de óleo, reparo completo do motor, funilaria e pintura e muito mais. Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *