Menu fechado

Vale a pena investir em carros usados blindados?

O Brasil é um país que é considerado um dos mais bonitos do mundo. Com capacidade de desenvolvimento quase que compatível com a China. Contudo, devido ao grande índice de criminalidade, é muito comum a utilização de veículos blindados.

Cheio de recursos naturais, mão de obra capacitada, uma vasta opção de lazer e mesmo assim, a sensação é que não há mais como viver por aqui.

Conforme mencionado, a criminalidade atinge números extremos e o grau da violência é tão grande, que o final de um assalto pode terminar em um desastre.

A população brasileira vive em busca de meios mais seguros para se viver, pois definitivamente não há segurança em lugar algum.

E a sensação é que ao invés de adquirirmos qualidade de vida com nosso dinheiro, estamos constantemente em busca de meios para nos proteger.
Investimos em condomínios, cercas elétricas, câmeras, pagamos seguranças, compramos Veículo blindado e, alguns brasileiros, até investem em armas.

O problema disso tudo, além, claramente, do caos que é viver dessa maneira nessa cidade, é que tudo isso tem um custo, alguns possíveis para a maioria, enquanto outros, nem tanto.

Por exemplo, os Carros blindados ou a blindagem do carro, ambos custam muito caro para se obter, um investimento altíssimo, podendo custar o mesmo que uma casa.

Entretanto, alguns preferem investir nesse bem e ter a tranquilidade de dirigir em paz e em segurança.

Mas vale a pena investir em carros blindados?

Existem três opções: o carro blindado de fábrica, a blindagem feita em carros normais e carros blindados usados.

Carros que já vêm assim das fábricas ainda não são fabricados no Brasil. Neste caso, a única opção é adquirir um importado. O custo não envolve somente o valor do carro, mas também a documentação necessária exigida pela legislação brasileira.

Este tipo de automóvel requer manutenção periódica em intervalos curtos de tempo, por causa do peso que ele possui. Então mais custo e disponibilidade de tempo devem ser contados em consideração.

Já a Blindagem automotiva é uma opção que existe no Brasil há anos e é a opção mais usada. A blindagem deve ser feita em empresas específicas no ramo e esta leva em torno de 30 dias para ficar pronta.

É importante que o profissional seja altamente qualificado, porque o carro é praticamente desmontado por inteiro. É indicado o acompanhamento do processo e a exigência de uma garantia longa.

Os Carros usados blindados no mercado são a novidade mais acessível no momento.

Mesmo assim, o trabalho para organizar todos os documentos necessários é extremamente burocrático, uma vez que eles são importantíssimos para garantir o bom estado do carro e da blindagem.

Fora isso, há outros pontos a se considerar:

  • Peso do carro: o sistema de blindagem pode adicionar até 230 kg ao peso total do carro. O peso exato depende do tipo de blindagem feita. De qualquer forma, isso significa que o carro poderá consumir mais combustível;
  • Seguro: geralmente em torno de 40% mais caro. As seguradoras alegam que a empresa gasta mais em caso de concertos, que demandam mão de obra especializada;
  • Mecânico: com portas e vidros pesados, as rodas desalinham com facilidade e os pneus ficam desbalanceados, então o dono terá que visitar o mecânico mais vezes;
  • Revisão: as placas de blindagem precisam ser revistas de seis em seis meses, porque o carro com blindagem precisa de ajuste na máquina dos vidros e da forração das portas, lubrificação das canaletas e ajustes no nivelamento;
  • Peças caras: a troca de um para-brisa pode custar, em média, 4.500 reais, e as dos vidros laterais, aproximadamente, 2.600 reais;
  • Conforto e desempenho do carro são afetados por causa da blindagem.

Custo da blindagem

Dá para imaginar Quanto custa blindar um carro? Confira a seguir:

  • Menor custo: geralmente feito em picapes que exigem menos materiais. O valor fica em torno de 40.000 reais;
  • Médio custo: esse é o grupo dos modelos sedans. O custo da blindagem é, em média, 45.000 reais;
  • Alto custo: essa é feita nos carros mais sofisticados e SUVs pela necessidade de cuidados maiores no serviço. Podendo começar com 48.000 reais e ir até um valor muito mais alto. A média fica em torno de 75.000 reais.

Como não há referências exatas de quais carros suportam cada tipo de blindagem, o ideal é verificar no manual do automóvel qual é a carga máxima do carro e consultar a empresa blindadora para saber o peso adicional que o veículo poderá resistir.

Em São Paulo encontra-se um grande número de blindadoras, e se fizer uma busca usando Carros blindados sp, muitas opções aparecerão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *