Menu fechado

Segurança no trânsito depende de motoristas responsáveis

trânsito

Quando falamos em segurança no trânsito, devemos lembrar que todos são responsáveis pelos atos e assumem a sua parte dentro do cenário urbano.

Até mesmo pedestres e ciclistas devem respeitar a pois são o elo mais fraco de uma cadeia que envolve carros, motos, ônibus e caminhões, na maioria das vezes.

Para os condutores resta a obrigatoriedade em manter a manutenção veicular em dia. Possuir um carro ou uma moto não se resume a abastecer e sair dirigindo.

É preciso estar atento a tarefas simples, como encher o pneu, utilizar combustível de postos confiáveis, atentar para ruídos estranhos.

A atenção no trânsito também deve ser uma constante.

Respeitar as leis de trânsito, com atitudes simples, como:

  • Dar seta antes de virar;
  • Não parar em fila dupla;
  • Manter a velocidade da via;
  • Usar os faróis acesos nas estradas.

Simples gestos que fazem muita diferença para manter um trânsito mais seguro e colaborativo.

São procedimentos aprendidos durante o período da autoescola e do centro de formação de condutores que devem ser levados para a vida e, ainda assim, muitas pessoas ignoram.

Cuidados com o veículo fazem parte da segurança

A generalização não é uma verdade. Muitos motoristas respeitam as regras e se preocupam em manter a segurança no trânsito. Por isso, muitas pessoas procuram realizar a manutenção periódica do veículo regularmente.

Levar o veículo para uma oficina mecanica equipada, com profissionais capacitados, permite a verificação de diversos itens essenciais, variando desde tarefas simples, como apertar os parafusos das rodas, até serviços complexos, como identificação de problemas no motor, utilizando aparelhos voltados à tecnologia que detectam problemas.

Essa manutenção preventiva é imprescindível para evitar panes no motor ou mau funcionamento de sistemas elétricos e hidráulicos. Esse tipo de serviço é realizado dentro de ambientes controlados, e pode ser feito semestralmente, ou de acordo com o manual do proprietário.

Inclusive, o dono do veículo precisa estar atento sobre qual o distribuidor de óleo automotivo que atende a oficina, pois há marcas e modelos próprios para cada fabricante.

A lubrificação do motor é importante, pois são os fluídos utilizados que permitem o desempenho do veículo, prevenindo o desgaste, a corrosão e a oxidação de peças do motor.

Lubrificação além do motor do veículo

Um motor é composto por diversas peças, que variam de fabricante e modelo de veículo. Por isso, o proprietário deve estar atento ao período de manutenção, para que tudo esteja em pleno funcionamento, evitando o comprometimento durante, por exemplo, um passeio ou uma viagem de negócios.

A lubrificação motora é importante, mas há peças que precisam ter o fluido substituído conforme o uso, o tempo e a quilometragem do veículo.

A troca de óleo câmbio automático é um serviço que deve ser realizado em oficina especializada, pois este é um importante componente para todo o funcionamento de um carro.

Essa substituição deve ser verificada para a integridade do sistema de mudança de marchas seja preservado, em conjunto com todos os componentes. como é uma área que não sofre interferência externa, o mecânico precisa ser de confiança para garantir que a troca é necessária.

Já a substituição do filtro de oleo deve ser realizada periodicamente, pois esse elemento tem como principal função a filtragem de impurezas, impedindo o retorno ao motor. Se houver falha, pode ocorrer obstruções, vazamentos e prejudicar a potência do veículo.

Conforto, estabilidade e menor desgaste de pneu

O motorista e os passageiros sentem os impactos de ruas esburacadas ou a passagem em valetas e obstáculos presentes nas vias. Para ter o conforto garantido, pode ser que seja necessário a troca do amortecedor de carro, que atua na absorção de batidas sobre o solo e no balanço do veículo em movimento.

Além de ruídos característicos, caso haja dúvida, o ideal é procurar uma oficina mecânica especializada para checar toda a suspensão. Caso a substituição das peças seja inevitável, é preciso realizar serviços para que o carro fique como novo.

Com equipamentos apropriados, o alinhamento e balanceamento deve ser realizado após a troca dos amortecedores, para garantir que os pneus não fiquem desgastados antes da hora.

A segurança também é mais garantida já que, em linha reta, o veículo não pode pender para a esquerda ou para a direita.

Seja nas cidades ou nas estradas, os veículos fazem parte do dia a dia da sociedade. Realizar a manutenção com profissionais capacitados e a troca de peças adequadas garante o funcionamento técnico e operacional do veículo, independente do tamanho e das cilindradas.

Além disso, todos os cuidados tomados atuam na redução da deterioração das peças fundamentais, como motor, pneus e sistema elétrico, e na prevenção de desgaste precoce de partes automotivas, mantendo o trânsito mais seguro e as pessoas mais protegidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *