Menu fechado

Obtenção de habilitação: acessibilidade e cuidados

Habilitação

Ao completar 18 anos de idade, uma pessoa pode estar apta para obter sua Carteira Nacional de Habilitação, para isso, o aluno que deseja aprender a dirigir deve ir até uma autoescola e verificar o plano de ensino e a quantidade de aulas que serão adquiridas.

Esse processo de busca é fundamental para encontrar uma autoescola que seja de confiança e que dê a devida atenção aos alunos.

Após a decisão de qual autoescola escolher, o aluno precisa passar por um exame de vista, assim como um psicotécnico para poder iniciar as aulas.

As aulas iniciais

As aulas são momentos de aprendizado aos alunos sobre variados temas comuns ao dia a dia de quem está no trânsito. Dentre eles:

  • O código de trânsito brasileiro;
  • Mecânica básica do veículo;
  • Cidadania e meio ambiente;
  • Primeiros socorros.

Essas são algumas das variadas matérias que são apresentadas e discutidas com os alunos, com o objetivo de demonstrar a responsabilidade socioambiental que é conduzir um veículo.

Até porque não basta somente aprender a dirigir e descumprir as normas de trânsito.

Com o término das aulas, o aluno é submetido a uma prova no Departamento de trânsito, com conteúdos teóricos sobre o assunto. Com a aprovação, ele está pronto para ir para aulas para tirar Habilitação.

Momento prático

Nesse momento prático, é a chance de aprender como se dirige um veículo.

De modo geral, as categorias de ensino mais comuns são a A que é para moto, e B que é para veículos automotivos, como os carros.

É possível que um aluno inicie na categoria B, por exemplo, e depois queira adicionar categoria A, para também aprender a dirigir uma moto.

No entanto, se esse processo não for feito no início, o aluno precisa voltar a ter conteúdos teóricos para depois ir para a prática. Esse momento de prática é especial, no qual o aluno pode dirigir nas ruas, aprender a estacionar, assim como outros elementos que são fundamentais para quem deseja dirigir.

Com as aulas práticas finalizadas, o aluno está apto para realizar sua prova prática com um instrutor do Detran. Com a aprovação, o aluno recebe a tão sonhada CNH, mas de forma provisória, com duração de um ano.

Se nesse período, o aluno não cometer infrações de trânsito, ele receberá a CNH definitiva, que só precisa ser renovada de 3 a 5 anos.

Mesmo com a CNH B, C, D ou E, a pessoa pode optar também por incluir categoria A na CNH, voltando o processo de aprendizado, que sempre é necessário.

CNH Especial

Pessoas com deficiência e até mesmo com mobilidade reduzida possuem o direito de aprender a dirigir. Esse direito é garantido desde que a mobilidade ou deficiência não afete a capacidade da pessoa poder transitar e dirigir seu próprio automóvel.

Neste caso, portanto, a Carteira Nacional de Habilitação especial é uma possibilidade e representa uma acessibilidade para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Para obter essa habilitação, a pessoa passa pelos procedimentos normais do exame de vista, psicotécnico, aulas teóricas e práticas que citamos no início desse artigo.

Nesse processo, é necessário existir instrutores e veículos que sejam adaptados ao tipo de mobilidade ou deficiência.

Nesse caso, é permitido por lei dirigir pessoas que tenham:

  • Problemas de coluna;
  • Problemas como artrite;
  • Com esclerose;
  • Que sofreram amputações;
  • Que apresentam mobilidade reduzida;
  • Que apresentam nanismo.

Para obter a CNH, além do aprendizado, existem especificações nessa carteira que indicam a mobilidade da pessoa e as adaptações que são necessárias para que ela possa dirigir.

Cuidados finais

Já falamos sobre como obter a sua CNH, mas não basta somente aprender a dirigir. Quando se tem um veículo também é importante estar atento com os cuidados e manutenções preventivas para manutenção do carro ou moto.

Por isso, buscar por uma oficina especializada honda ou na autorizada do seu próprio automóvel é fundamental para realizar procedimentos básicos como troca de óleo e filtros que são necessários a depender da quilometragem.

Além disso, existe o procedimento de alinhamento e balanceamento que são necessários, assim como a renovação de pneus.

Em alguns momentos, alguns problemas podem acontecer, como o conserto de câmbio automático, que leva um pouco mais de tempo e requer serviço especializado, porém, realizando as manutenções de forma correta, a pessoa evita as dores de cabeça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *