Menu fechado

Já sabe as funcionalidades de cabines e estufas de pintura?

Com o aumento da frota de carros em território nacional, reparadores e funileiros vem sendo acionados para consertos que envolvem desde pequenos reparos a grandes recuperações.

Essa crescente demanda tem exigido eficiência e produtividade na reparação automotiva cada vez maiores, por isso, tem se destacado como um item essencial em oficinas de reparação automotiva em todo território Brasileiro.

Quais são os métodos de pintura automotiva?

A cabine de pintura a pó é uma estrutura que permite a coloração via pintura eletrostática de materiais diversos com versatilidade e excelente rendimento da tinta usada. Sua estrutura conta com um sistema de exaustão e de filtros.

Mais especificamente, um serviço muito comum em oficinas de pintura é o de pintura de rodas de liga leve, que permite uma melhora no aspecto da peça e maior resistência.

Já a estufa, trata-se de um equipamento desenvolvido, especialmente, para pintura e cura de peças onde são aplicadas tinta líquida ou tinta a pó.

É uma técnica que utiliza resinas como epóxi ou poliéster para acabamento de peças em metal ou alumínio, conferindo a estas um acabamento bonito, resistente e durável.

Na estufa de pintura acontece a secagem da peça, já que este equipamento possui isolamento térmico, que aquece a pintura na medida certa para a cura total da resina aplicada.

Pode vir acoplada à cabine de pintura ou ser adquirida à parte, sendo possível encontrar modelos de estufa de pintura para tinta a pó ou tinta líquida.

Uma estufa de pintura para tinta a pó possui características específicas e é projetada, especialmente, para acondicionar peças para secagem na temperatura certa.

Comumente requisitada em mercado, a cabine de pintura automotiva com estufa, é uma câmara na qual se realiza o processo de pintura industrial.

Ela inclui equipamento para secagem da peça, item muito importante para a eficácia do processo no ramo automobilístico, de autopeças e outros.

Um equipamento pintado dentro de uma cabine de pintura com estufa, apresenta melhor acabamento e qualidade superior, se comparado ao processo de pintura convencional.

Dentre os locais que realizam o procedimento, enquadra-se a funilaria express, que tem a principal função de tornar a lataria do veículo muito mais bonita, quando ocorrem acidentes.

No interior de uma cabine de pintura com estufa, existem painéis que impedem que o ar seja dissipado na fase de secagem da tinta, e conferem qualidade e durabilidade ao equipamento.

Durante o processo de pintura, um motor realiza a vazão do ar, o que torna possível o funcionamento da cabine.

Assim, o ar presente no interior da câmara é filtrado, de modo a reter qualquer tipo de impureza e impedir que ciscos entrem em contato com a tinta.

Vantagens de realizar esse tipo de pintura

Por meio da cabine de pintura com estufa, pode-se alcançar uma pintura perfeita, em virtude de o sistema de iluminação permitir que o operador veja exatamente a cor que será aplicada à peça ou equipamento.

O sistema de secagem rápida, por sua vez, finaliza o trabalho, protegendo o objeto pintado e evitando toques ou esbarrões acidentais.

É muito utilizada em grandes indústrias, na secagem de peças para automóveis, máquinas agrícolas, móveis e equipamentos em geral, que necessitam do acabamento perfeito da pintura a pó.

A pintura eletrostática, além de potencialmente poluente, demanda campos eletrostáticos de alta tensão e temperaturas elevadas.

Igualmente sensíveis a contaminações, tais processos de pintura eletrostática são realizados com cabine de pintura eletrostática.

Comumente utilizadas em indústrias automotivas ambos aos equipamentos, cabine e estufa de pintura são regularmente requisitados, pois, além da economia de tempo, tem-se produtos acabados com maior qualidade, visto que a peça pintada não estará exposta a intempéries e sujeiras durante o processo de secagem, e com isso, comprometendo sua qualidade.

Como é realizado o processo de pintura automotiva?

A pintura automotiva pode ser dividida em algumas etapas, sendo elas:

  • Preparação e limpeza das peças com solução desengraxante e pano pega pó para eliminar toda a poeira e resíduos;
  • Aplicação da tinta 2 a 3 passadas (PU, Poliéster);
  • Aplicação do verniz 2 a 3 passadas;
  • Intervalo entre passadas de 5 a 10 minutos;
  • Secagem em estufa de 15 a 30 minutos a 60ºC;
  • Resfriamento de 1 hora para serviço (polimento).

Por seu uso tanto em conjunto quanto separadamente, cabine e estufa de pintura atendem diferentes critérios quanto a preço.

A cabine de pintura preço varia de acordo com o serviço prestado e o processo a ser utilizado.

Podendo ser manual ou automática, é construída em dois conjuntos, sendo: o corpo da cabine onde é realizada a pintura da peça e o conjunto de exaustão que denominamos de depurador de ar.

Já para a estufa de pintura, o preço vai de acordo com o prestador do serviço, sua localização e corpo técnico, por se tratar de um equipamento fabricado sob consulta, com diversas variáveis, tanto em dimensões da estufa como no meio de aquecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *