Menu fechado

Entenda como é feita a higienização automotiva

Quem tem carro sabe como é difícil mantê-lo limpo, não é mesmo? Especialmente com a correria do cotidiano, acabamos nos alimentando dentro do veículo e, com isso, as sujeiras podem se acumular. Poeira e resíduos diversos também podem ser responsáveis pela geração de um ambiente inapropriado.

Por isso, a Higienização automotiva é indispensável, especialmente para quem usa o automóvel diariamente. Com esse procedimento, todos os componentes internos e externos do carro serão higienizados adequadamente, promovendo um uso mais agradável do veículo.

Ao retirar os detritos e realizar uma limpeza profunda, é possível usufruir com muito mais tranquilidade um espaço totalmente revitalizado. Mas você sabe como exatamente esse serviço funciona?

Continue acompanhando o artigo a seguir para ficar por dentro do assunto e entender mais sobre a enorme contribuição da limpeza do carro para seu funcionamento otimizado e para a promoção de uma experiência mais tranquila e saudável.

O que é a higienização?

A limpeza correta do carro, especialmente no espaço interno, onde há estofado, plástico e outros materiais que podem acabar acumulando diversos tipos de sujeira com o passar do tempo, é fundamental para evitar até mesmo doenças e alergias.

Mas muitas pessoas têm dúvidas sobre os procedimentos que são realizado por uma empresa de higienização carros. Em primeiro lugar, vale lembrar que apenas equipamentos especializados nesse segmento podem ser utilizados, evitando danos e aumentando o potencial de conservação, que é uma das principais características do procedimento de limpeza.

Além disso, é importante saber que esse tipo de higienização, por ser bastante profunda e gerar resultados satisfatórios e duradouros, mas saiba que o processo pode não ser tão simples quanto parece.

Não é por acaso que seu carro precisa ficar o dia todo na empresa de limpeza para que ele seja entregue nas condições em que você espera que ele esteja ao final do processo.

Mas, afinal, como a limpeza é feita?

Os especialistas nesse serviço utilizam apenas produtos que são homologados pela ANVISA, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pois a aplicação de produtos inadequados pode gerar não apenas a deterioração do interior do seu veículo como causar doenças graves em quem o utiliza.

Além disso, o uso de utensílios como o vaporizador, por exemplo, é fundamental para remover detritos e manchas dos bancos, que são apenas alguns dos itens que passam pela higienização automotiva interna.

O painel e o solo também recebem a aplicação de produtos e, de acordo com o nível de sujeira impregnada, podem também ser lavados com escovas apropriadas.

Vale lembrar que o carpete, as fibras e os tapetes recebem atenção redobrada por serem compostos de materiais que se desgastam com mais facilidade e por fornecerem as condições perfeitas para a proliferação do ácaro, um poluente típico de estofados que pode gerar graves quadros de saúde.

O filtro do ar-condicionado, também chamado de filtro de pólen, é outro componente que não pode ser deixado de lado na hora da Higienização de carros, pois ele é responsável pela filtragem do ar e evita que impurezas diversas se acumulem tanto nos dutos quando no interior do automóvel.

Revitalização externa

O segmento de estética automotiva tem se desenvolvido cada vez mais e oferece uma grande variedade de alternativas para quem quer tornar seu veículo ainda mais bonito e agradável.

Dessa forma, é possível ativar fatores importantes como o brilho da lataria e, ainda, eliminar as imperfeições que podem ter sido causadas por diversos processo, como a pintura.

O polimento de carros é altamente indicado para quem quer revitalizar a parte externa do veículo ou no caso do surgimento de marcas, arranhões, etc.

Existem diferentes tipos de acabamento que podem ser feitos depois do processo, dentre os quais podemos destacar:

  • Aplicação de cera comum;
  • Aplicação de cera automotiva;
  • Cristalização comum;
  • Cristalização automotiva;
  • Vitrificação comum;
  • Vitrificação automotiva.

Cada serviço apresenta um custo diferente, de modo que é importante consultar a tabela de preço de polimento automotivo de cada empresa fornecedora desse serviço para avaliar a relação custo-benefícios e garantir o melhor rendimento.

Quando fazer a limpeza?

A limpeza dos carros deve ser feita conforme a necessidade, mas, em caso de não haver sujeira visível, não significa que a higienização não seja necessária.

Isso porque muitos tipos de componentes impuros podem se acumular sem que o condutor perceba, de modo que vale a pena seguir um cronograma fixo para que o procedimento seja feito periodicamente, garantindo o uso mais seguro e confortável.

O mais importante é contar com o trabalho de qualidade fornecido por empresas que garantem uma limpeza profunda e otimizada, evitando que o veículo tenha que passar pelo mesmo procedimento pouco tempo depois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *