Menu fechado

Confira os detalhes de ter os documentos do seu carro e CNH em dia

Na hora de comprar um automóvel, muitas pessoas pensam apenas no ato de dirigir. Entretanto, é preciso manter a atenção voltada à documentação, tanto do carro como da CNH – Carteira Nacional de Habilitação.

É óbvio durante a retirada da primeira habilitação aulas práticas são sempre difíceis e pouca coisa é ensinada sobre o processo burocrático dos documentos.

Todavia, se o veículo não estiver dentro dos parâmetros estabelecidos por lei, é muito capaz que o motorista perca a carteira e, em casos mais extremos, o carro.

Por esse motivo, reunimos todos os detalhes para ter os documentos do seu carro e CNH em dia. Você acompanha o conteúdo a partir do próximo tópico.

Certificado de Registro do Veículo – CRV

O Certificado de Registro do Veículo, popularmente chamado de CRV (não confundir com o CRLV) é o documento no qual constam as características do veículo, tais como:

  • Número da placa;

  • Chassi;

  • Ano e modelo;

  • Tipo de combustível.

Neste sentido, é importante mantê-lo em dia por meio da vistoria de carros supervisão. Ou seja, qualquer alteração realizada no carro deve ser vistoriada por um profissional do Detran do estado em que o veículo é registrado.

Assim sendo, a mudança de cor, por exemplo, será detalhada no CRV. Isso vale para alterações no chassi, lataria, dentre outras.

Esse documento deve ficar sempre guardado em algum local protegido, pois em caso de transferência, será preciso preencher a parte de trás deste com todos os dados do comprador.

O CRV não tem prazo de vencimento, uma vez que tudo o que for feito no veículo deve ser registrado por meio da vistoria cautelar.

 

CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo

Se você não faltou na aula de habilitação, provavelmente sabe o que é este documento. Embora tenha nomenclatura parecida, o CRLV é diferente do exemplo dado acima. Este certificado, por sua vez, deve estar sempre com o motorista, de preferência dentro do veículo.

Além disso, o CRLV é renovado anualmente e também conta com o pagamento do seguro obrigatório, o DPVAT.

Popularmente, o documento é conhecido como licenciamento, uma veza que chega aos proprietários de carros todos os anos em forma de boleto, que deve ser pago com regularidade.

Portanto, o prazo final para a renovação depende do final da placa do veículo. Cada prazo e o valor da renovação são diferentes para o Departamento de Trânsito de cada estado.

Como se sabe, o documento do carro é obrigatório para dirigir em qualquer lugar. Quem se arriscar conduzir sem ele, ainda que o IPVA esteja em dia, pode ter o carro apreendido, bem como perder três pontos na carteira, além de ter que pagar multa.

 

Carteira Nacional de Habilitação – CNH

Assim como o CRLV, a CNH deve estar com o motorista a todo e qualquer momento. Isso porque ela também pode ser usada no lugar do RG – Registro Geral, para fazer cadastro em lojas, hospitais e demais estabelecimentos.

Para ter uma ideia, existem motoristas que tiram a carteira somente para isso. Depois, quando decidem dirigir, precisam recorrer ao treinamento de Direção para Habilitados.

Entretanto, andar com o documento em dia é primordial. A renovação da CNH pode ser feita no Ciretran da cidade onde o veículo é registrado.

O motorista, em contraponto, pode dirigir até 30 dias depois da CNH estiver vencida, após esse período, o mesmo estará atuando em ilegalidade.

Para renovar, é necessário estar em situação regular, e o condutor deve ter realizado o treinamento para habilitados, também conhecido como atualização para renovação de CNH.

O condutor pode realizar a prova referente às matérias de direção defensiva e primeiros socorros diretamente no Ciretran.

Se reprovado no exame realizado na unidade de trânsito, o mesmo deverá frequentar, obrigatoriamente, as aulas em um CFC-A de própria escolha.

 

Qual diferença entre licenciamento e IPVA?

O IPVA é um imposto que se paga diretamente ao Estado, que está ligado ao valor do carro. Sendo assim, a alíquota de aplicação de imposto pode variar entre os estados.

Já o licenciamento, em contraponto, é de inspeção anual referente á situação do possante, sendo realizada pelo Detran vigente.

Ou seja, licenciamento é o que comprova se o veículo pode estar circulando nas vias, com menos chances de causar prejuízos aos pedestres e demais motoristas.

Portanto, isso é tudo sobre ter os documentos do carro e CNH sempre em dia.

Além de garantir a integridade física do carro, manter a documentação correta é assegurar que todos os pedestres também possam circular com mais segurança no dia a dia. Por isso, mantenha a papelada do carro sempre em ordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *