Menu fechado

Detalhes relevantes dos carros flex

Hoje, o motor flex é o mais popular do Brasil, pois a maioria dos carros conta com a possibilidade de abastecer tanto com gasolina quanto com álcool.

Como a produção de álcool no Brasil é farta, houve muita propaganda divulgando essa possibilidade. Ainda assim, existe muita desinformação acerca desse tipo de veículo.

Neste artigo, você vai descobrir o que é verdade e o que é mentira, entre outros detalhes relevantes sobre essa tecnologia que conquistou os brasileiros.

Mitos sobre o motor flex

É muito provável que você já tenha escutado alguém falando sobre os perigos de abastecer apenas com álcool por longos períodos. O argumento é que ao decidir utilizar a gasolina novamente, o motor estará viciado e o desempenho do veículo não será satisfatório. Os especialistas da área, porém, discordam dessa informação.

Provavelmente, o boato se espalha por interesse dos postos de abastecimento, tendo em vista que a gasolina tem preço mais elevado que o álcool.

Muitos testes foram feitos para avaliar a veracidade dessa informação. Entretanto, mesmo um carro que passou um ano inteiro sendo abastecido apenas com álcool, ao ser abastecido com gasolina novamente, manteve o desempenho esperado.

Isso se deve ao fato do total flex possuir as estruturas necessárias para funcionar com mais de um combustível.  Ainda sobre o abastecimento com álcool, é preciso salientar que o combustível não é responsável por reduzir a vida útil do carro.

Isso se enquadra como outro mito e tem ainda menos embasamento do que o anterior. No caso do vício do motor, é possível pensar em um problema com a injeção eletrônica quando há redução da taxa de consumo do combustível.

Embora baste reiniciar o sistema e não tenha relação direta com o álcool, além de não ser considerado um vício. Quanto a diminuição da vida útil, porém, não há nenhum ponto negativo relacionado.

Também há quem acredite que o primeiro abastecimento de um carro com combustivel flex deve ser feito com gasolina. Muitas concessionárias fazem o primeiro abastecimento com álcool, por ser mais barato e isso não faz diferença alguma no carro.

O que deve ser feito é rodar com o carro por pelo menos 15 minutos depois de ter enchido o tanque com combustível diferente, e se ele for ficar um longo período parado depois do abastecimento.

Para terminar, é errado pensar que o tanque de um carro flex é separado, pois os combustíveis são armazenados no mesmo lugar. Ainda assim, não há problema em colocar diferentes quantidades de combustível, pois a proporção não prejudica a performance do veículo.

Vantagens do álcool

Todos sabem que um motor de carro com gasolina é mais potente. No entanto, existem diversos outros fatores que podem fazer do álcool mais vantajoso do que ela. Alguns exemplos das vantagens do álcool são:

  • Baixo custo;
  • Combustível limpo;
  • Combustível renovável;
  • Solúvel em água;
  • Menos depósitos carboníferos no motor;
  • Maior cavalaria em carros flex.

Assim, é uma ótima alternativa não apenas para o ambiente, mas também para o motorista. Muitas pessoas apontam que sentem a diferença ao dirigir o seu carro flex com a gasolina e com o álcool. A cavalaria sob o capô é maior e o carro anda melhor.

Como é um combustível solúvel em água, não há danos tão sérios ao ambiente quando ocorrem vazamentos. Isso pode parecer apenas um detalhe, mas é uma característica de grande relevância. Muitos acidentes com vazamento de gasolina aconteceram, deixando muitos danos para a vida aquática.

Existem diferentes tipos de etanol e o Brasil foi pioneiro em seu uso. Atualmente, o Brasil é um dos maiores produtos de etanol do mundo – fica atrás apenas dos Estados Unidos da América.

Esse combustível pode ser feito a partir do milho, soja, mamona, canola e a partir do babaçu. No Brasil é mais comum que se utilize a cana-de-açúcar, pois o país é repleto de plantações desse vegetal.

Em conclusão, os carros flex são uma ótima opção e há muitas informações equivocadas que circulam a respeito deles. Não há motivos para dar preferência a um carro que funcione apenas com gasolina, pois um total flex roda com a mesma potência ao receber esse combustível.

Além disso, existem muitos pontos positivos em abastecer com álcool. Além de todas as vantagens citadas, é uma ótima forma de estimular a economia, promovendo a produção desse combustível brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *