Menu fechado

Conheça todos os tipos de blindagem permitidas no Brasil

A blindagem iniciou como uma tecnologia que foi criada para a guerra, mas que se desenvolveu e passou a ser usada também em outros âmbitos da vida moderna.

Como a violência esteve alcançando os grandes centros urbanos, tornou-se necessário implantar meios de segurança que pudessem conter o caos.

Cofres de bancos, veículos especiais de transporte de valores (chamado carro-forte blindado), e carros de pessoas importantes, usufruem deste tipo de proteção, de acordo com exigências básicas para o seu acesso.

Quem pode utilizar blindagem?

Para que uma empresa ou pessoa tenham acesso ao serviço de blindagem é preciso possuir uma autorização do Exército Brasileiro.

Essa medida é exigida para que nenhuma pessoa perigosa, ou não apta, tenha acesso ao privilégio dessa proteção.

Além desta exigência mínima, para uma pessoa blindar um carro, por exemplo, é necessário que ela apresente uma série de documentos, como:

  • Registro Geral (RG ou Carteira de Identidade);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV);
  • Certidões criminais da Justiça Estadual, Federal e Militar com status negativo (de
  • todos os últimos 5 anos);
  • Comprovante de Residência;
  • Atestado de Antecedentes Criminais (emitido pela Polícia Civil do Estado, não sendo aceita emissão realizada pela internet).

Em caso de veículos cadastrados em nome de empresa, o mesmo procedimento deve ser seguido para cada um dos sócios-gestores.

Apesar das obrigações mínimas impostas ao consumidor, a empresa que se especializa pela venda deste serviço de segurança também deve seguir algumas normas, a fim de agir regularmente e em conformidade com a lei.

Uma empresa séria, prestadora da técnica de blindagem deve, obrigatoriamente, possuir um Certificado de Registro (CR) no Exército, além de que, também deve possuir um DPC (Declaração de Práticas de Certificação), da Polícia Civil.

Este documento deve ser enviado à Região Militar (RM), da qual a empresa faz parte, em conjunto com uma autorização especial de blindagem para cada carro, toda vez que for realizado o serviço.

Para cada tipo realizado existe uma especificação quanto ao seu tipo, que no geral varia em certos níveis que ascendem gradualmente até um nível máximo regularmente permitido.

Níveis de blindagem

Os níveis que existem de blindados brasileiros vão de I até V. São eles:

Nível I: suporta projéteis de calibre 22 e calibre 38. Também resiste à ataques de pedras e com barra de ferro;

Nível IIA: suporta munição de pistola 9 milímetros (FMJ), Magnum 357 JSP soft point e armas de nível IA no geral;

Nível IIIA: suporta submetralhadoras de 9 milímetros, revólver Magnum calibre 44 SWC de chumbo e espingardas de calibre 12;

Nível III: suporta todas nos níveis abaixo deste, além de Fuzil FAL calibre 7,62 FMJ (308 Winchester). Seu uso é restrito;

Nível IV: aguenta até M60, munições perfurantes (30-06 AP e 338) e granadas. O seu uso é proibido a nível civil;

Nível V: nível máximo. Suporta todos os tipos de munições suportados pelas categorias anteriores, além de resistir a NATO 99 milímetros e ataques aéreos de mísseis.

As blindagens de alto nível são as mais seguras, porém extremamente restritas.

No caso de um nível V, o seu uso é permitido somente às Forças Armadas, a presidentes e, quase que raramente, a empresários que consigam justificar a necessidade de se utilizar uma proteção desse nível.

A blindagem IIIA é a mais usada entre cidadãos comuns, por ser a máxima permitida a civis no Brasil, mais resistente. O comércio desta categoria é o mais difundido, e grandes empresas investem fortemente nisso.

De acordo com matéria de O Estadão (24, junho de 2015), em citação à Barbero:

“as mantas da blindagem de nível três A não possuem emendas, nem formam pontos vulneráveis, sendo capazes de revestir cerca de 90% de toda a carroceria. Qualquer ponto que possa demonstrar maior fragilidade no carro, recebe aço balístico. […]”.

Inbra

Uma empresa de grande renome no Brasil especializada no comércio de equipamentos avançados de proteção à vida é a Inbra blindagem.

Esta se encarrega, não somente da produção de blindagens, como também, da fabricação de anteparos balísticos; vidros, coletes e capas especiais à prova de balas; dentre outros produtos.

Nos projetos de blindagem da Inbra é usada a manta balística, que reduz, consideravelmente, o peso que a técnica agrega ao veículo, ao mesmo tempo em que sua maleabilidade e poder de aderência se moldam ao veículo, de maneira a preservar sua aparência interna e externa.

É uma empresa credenciada e confiável que trabalha somente com produtos de alta tecnologia, sendo muito procurada, e uma líder em mercado na realização de blindagens do nível IIIA.

Mas, quais são os preços?

Quanto a blindagem de carros preço: variam de forma crescente em função do nível de segurança que oferecem, da menor para a maior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *