Menu fechado

Como escolher o melhor veículo?

Quando se trata de veículo, muitas pessoas ficam confusas com tanta opção disponível no mercado.

Um dos fatores decisivos para a compra é saber a qualidade das peças originais fabricadas por determinada marca, pois são elas que irão evitar que problemas frequentes apareçam no carro e que vão garantir potência e funcionalidade.

O que devo procurar?

O melhor é procurar fazer negócio com empresas grandes e conhecidas, pois elas têm mais experiência no ramo e contam com um grande time de pesquisadores sempre buscando os melhores resultados. Uma boa peça automotiva deve contar com:

  • Confiabilidade;
  • Durabilidade;
  • Resistência;
  • Alta performance.

Ainda hoje, é possível identificar um certo preconceito com carros coreanos no mercado brasileiro, mas muitas marcas coreanas conseguem se encaixar em todos esses quesitos!

Empresas que tem a mudança e a inovação como lema são preferíveis às que prezam por história e tradição, pois são as que mais investem em pesquisa.
Esteja sempre bem regulamentado!

Além de vender carros e peças, a Consulta veículo é um dos serviços disponibilizados por muitas empresas e o diferencial que se deve procurar é a rapidez e a atenção aos detalhes.

É recomendado que se faça a revisão do seu carro a cada 10000 km rodados, com um limite de tolerância de 500 km a mais ou a menos do que isso.

Caso você possua dúvidas, é possível consultar on-line o histórico de seu veículo pela placa.
Para realizar a consulta basta ter a placa e Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) do veículo, o site do Detran é muito completo e mostra desde o acompanhamento da CNH até as infrações (acompanhamento ou solicitação de recursos de penalidade, multas etc).

Realizar o Laudo veicular é essencial quando se deseja fazer a compra ou a venda de um carro, o processo tem como objetivo garantir que o veículo esteja regulamentado, identificando se há pessoas tunadas que ferem a legislação ou se há peças clonadas.

Existem muitas empresas credenciadas de vistoria e para que ela seja realizada é preciso que se tenha alguns documentos em mão: o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos), o CRV (Certificado de Registro de Veículos) e a Carteira de Identidade de quem deseja realizar a vistoria.

Da mesma maneira, realizar o Decalque Chassi e Motor é uma importante medida de segurança, obrigatória no momento de emplacar o veículo.

Basicamente, é a númeração única e individual desses itens, tornando mais difícil que o proprietário sofra fraudes, colocando mais uma barreira para o mercado ilegal de venda de peças automotivas.

Uma Lanterna traseira kia bongo é uma peça essencial para que se dirija com segurança, a lei determina que ela deve estar acesa durante a noite e em dias de neblina ou chuva muito forte.

Além disso, é através dela que se “dá a seta”, artifício essencial no dia a dia e que evita acidentes. É importante lembrar que, em casos de neblina, se deve usar a lanterna vermelha.

Antigamente, a maior parte das lanternas eram feitas de vidro, mas hoje elas são confeccionadas de policarbonato ou acrílico, materiais mais leves e mais baratos, que diminuem o risco de trincar.

O ponto negativo desse material é que ele fica amarelado com o tempo. Quando o Farol kia cerato fica amarelado isso prejudica a direção, já que a luz por ele emitida perde intensidade.

Nesses casos não é preciso trocar a peça: um lixamento e polimento são suficientes para retirar o amarelado.

É possível levar a peça até a empresa que a vendeu para que seja polida ou fazer o serviço você mesmo, em casa – basta contar com flanelas, esponjas, pastas de polimento e colocar a mão na massa.

Muitas pessoas optam por comprar peças de carros usados depois que a regulamentação do Seguro Auto Popular e das auto-peças recondicionadas aconteceu no Brasil.

Acerca dessas duas novas possibilidades, trabalhar com uma peça original usada é melhor do que trabalhar com uma peça genérica.

As peças originais contam com tecnologia de ponta e se diferenciam das demais por sua potência e durabilidade.

A dica final é que se invista em peças de qualidade. Faça uma pesquisa de mercado e analise quais as opções que mais se adequam ao seu carro e que oferecem um melhor resultado.

Mesmo que o investimento seja maior, a longo prazo estará se fazendo uma economia não só de dinheiro, mas de tempo e de “dor de cabeça”.

Uma medida que parece ser boba, mas que é definitivamente útil, é procurar por reclamações a respeito da peça na internet.

Ainda que seja impossível encontrar algo completamente isento de reclamações virtuais, é possível identificar quais produtos se destacam nesse quesito, quais possuem clientes insatisfeitos em excesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *