Menu fechado

CNH: tudo o que você precisa saber

A CNH, também conhecida como carteira nacional de habilitação, cada vez mais tem se tornado uma prioridade na vida das pessoas, com ênfase nos jovens, que esperam completar dezoito anos para ter permissão legal de dirigir.

Vantagens de possuir uma CNH

Tirar a carteira de motorista é a meta de muitas pessoas. Isso porque a CNH traz praticidade no dia a dia, além de permitir que as pessoas se desloquem com facilidade utilizando automóveis.

O direito de ir e vir de carro é o desejo de muitas pessoas, por isso, é importante compreender quais são suas exigências e o passo a passo.

Assim, fica mais evidente a responsabilidade que envolve adquirir uma carteira de habilitação. Algumas características positivas de adquirir esse item, são:

  • Facilidade de deslocamento:
  • Evita atrasos:
  • Dividir os custos:
  • Não precisar se preocupar tanto com condições climáticas:
  • Conforto e agilidade:

Sobre a facilidade de deslocamento; o transporte público facilita a vida da maioria da população nesse quesito. Mas com uma CNH, é possível se deslocar com liberdade, isso inclui ir e voltar na hora que tiver vontade.

Com relação ao segundo item, evitar atrasos; os horários dos ônibus, metrôs ou trens estão sempre descompassados. Quando se tira a carteira de motorista, fica mais fácil organizar os horários e chegar sempre a tempo.

Seja para o trabalho, apresentações, entrevistas de emprego, faculdade, entre outros.

Já sobre a divisão de custos; dirigir sozinho é muito legal, mas dividir o trajeto com amigos é ainda mais divertido. Quando alguém tira a CNH, é possível dividir o caminho e a gasolina com pessoas que já tem vínculo ou ainda vai ter, sendo uma forma de economia.

Por sua vez, sobre as despreocupações com as condições climáticas; quando se tem um carro e uma CNH, não é mais necessário se preocupar em pegar chuva ou sofrer com o frio do inverno ou o calor do verão.

De dentro de um carro, é possível controlar essas temperaturas com ar condicionado e ar quente.

Por fim, com relação ao conforto e a agilidade; quando se tem uma CNH, não é preciso ficar em pé em transporte público e enfrentar a superlotação. É possível ir a qualquer lugar e voltar de qualquer lugar com conforto e tranquilidade.

Procedimentos e fatos importantes

Além de todas essas vantagens, uma dúvida muito comum para quem ainda não tem a CNH, mas planeja ter, é em torno dos procedimentos necessários.

Para ser explicado de uma forma simples, é necessário inicialmente se dirigir a uma agência do BB (Banco do Brasil) ou CEF (Caixa Econômica Federal) para efetuar o pagamento da taxa para realizar esse procedimento.

Após o pagamento da taxa, é preciso ir ao DETRAN para formar o processo. A partir disso, é preciso fazer exames psicológicos e médicos, para que assegurem que o indivíduo é apto para dirigir. Após essa aprovação, deve-se marcar o exame de legislação.

Quando se é aprovado no exame de legislação, deve-se requerer a licença de aprendizagem de direção veicular, também conhecida como LADV.

Após feito o curso e ter alcançado o certificado de direção, deve-se marcar o exame prático de direção. Esse é um período decisivo, pois só quem é aprovado no exame prático consegue tirar a CNH.

Após o exame prático, caso aprovado, o indivíduo deve aguardar a entrega da CNH com a permissão para dirigir no DETRAN (para pessoas que vivem na capital) ou CIRETRAN (para pessoas que moram no interior).

A CNH pode ter validade de até 5 anos, definida pelo exame médico. Para motorista acima de 65 anos, a validade máxima é 3 anos.

Após a aceitação da CNH, ela mostrará duas categorias que será possível dirigir. A adição categoria a envolve a permissão de dirigir automóveis com duas ou três rodas, podendo ou não ter carro lateral.

Já na carteira de motorista b, envolve a possibilidade de dirigir veículo de passeio, com peso bruto total de até três mil e quinhentos kg com lotação de até oito lugares.

É preciso estar em dia com o licenciamento do automóvel. O licenciamento é um documento que todo proprietário de veículo automotivo deve possuir no Brasil, pois ele é quem indica se o veículo dirigido está nas normas e devidas regulamentações.

Outro fator a se atentar quando se resolve dirigir é a compra de carro ou transferencia de veiculo. A transferência é um processo necessário para registrar a mudança de propriedade de um automóvel.

Para que esse processo seja feito da forma devida, é preciso seguir as regras descritas no Código de trânsito brasileiro, que determina que a transferência seja realizada em até trinta dias após a compra ou venda de um veículo.

Assim, você deve se atentar em apresentar o laudo de transferência mais próximo, que possua a validade mais recente.

Para os aprovados, ter uma carteira nacional de habilitação é um privilégio de várias vantagens, mas existem muitas responsabilidades envolvidas.

Por isso, é muito importante que o indivíduo tenha muita prática e estudo teórico para dirigir, pois esse é um aspecto que envolve a vida de muitas pessoas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *