Menu fechado

CNH: saiba como tirar e entenda as categorias

A legislação brasileira permite que a partir dos 18 anos, os jovens possam tentar tirar sua carteira de habilitação (conhecida também como CNH).

Existem várias categorias que determinam qual tipo de veículo a pessoa estará apta a dirigir, mas a carteira é o indicativo de que aquela pessoa sabe manusear o veículo e está dentro da lei.

As categorias podem alterar a idade mínima para aprendizado, como é no caso de caminhões, por exemplo, mas em geral, as categorias são para dirigir moto, carro, ônibus, veículos com mais de 8 lugares e veículos para cargas pesadas.

Como funciona o procedimento para tirar a habilitação?

O aluno que deseja tirar a sua primeira carteira de motorista, deve se dirigir ao Centro de Formação de Condutores (CFC), também conhecido como autoescola. Lá, o aluno será orientado sobre os procedimentos necessários até conquistar sua carteira.

A autoescola direciona o aluno para realização de dois exames, exigidos pelo Detran, que é o Departamento Estadual de Trânsito. O primeiro exame é de vista, e tem o objetivo de verificar se o aluno consegue enxergar, diferenciar cores, por exemplo.

Já o psicotécnico é um exame que analisa suas habilidades motoras, interpretativas e de concentração. Os locais que realizam estes exames possuem o credenciamento do Detran, e após sua aprovação, liberam o aluno para seguir o próximo passo para retirada de sua habilitação.

Após os exames, o aluno fará cerca de 25 aulas teóricas, em um curso no qual ele aprenderá as principais leis de trânsito assim como normas do Código de Trânsito Brasileiro. Ele aprenderá sobre:

  • Sinalização e as principais placas;
  • Noções básicas de mecânica do veiculo;
  • Primeiros-socorros;
  • Direção defensiva;
  • Meio ambiente e cidadania.

Com essas aulas, o aluno consegue desenvolver uma conscientização sobre seu papel no trânsito. Após essas aulas, o Detran aplica um exame teórico para o aluno, com o objetivo de verificar as questões discutidas nas aulas teóricas. Se aprovado, o aluno é encaminhado para realizar aulas no simulador de direção.

Esse simulador é, mais ou menos, um videogame, mas no formato de veículo, com troca de marchas, acelerador, freio e embreagem. O aluno realiza cerca de 5 aulas, para que ele consiga ter uma noção básica de direção.

Após esse processo, o aluno está pronto para realizar as aulas práticas, realizadas na rua, onde ele aprenderá a dirigir, a ter noção de espaço, estacionar e dentre outros.

Geralmente, o aluno pratica 20 aulas, mas pode fazer mais aulas se assim desejar. Muitos alunos antes do exame final, realizam aula de direção, para obter mais conhecimento e ganhar mais confiança.

Após isso, ele está apto para realizar o exame de direção, no qual terá que realizar alguns testes, supervisionados por um instrutor. Ao ser aprovado, a carteira de motorista chegará na auto escola centro de Guarulhos ou na autoescola que o aluno realizou as aulas.

A primeira carteira de habilitação tem caráter provisório, de um ano, no qual será avaliado se a pessoa tem multas ou se envolveu em algum acidente de transito.

Como adicionar categorias?

Na direção, existem algumas categorias que são mais comuns. Por exemplo, a carteira de motorista B que é a de direção de automóveis, de até 7 lugares, habilita a dirigir o carro comum.

A categoria A, habilita na direção de motos, veículos de duas rodas. Em muitas ocasiões, a pessoa retira apenas a categoria B, para dirigir carros, e com o passar do tempo, deseja realizar a adição categoria A.

Para que isso aconteça, é mais simples do que tirar a primeira habilitação. A autoescola também deve ser procurada nesse caso, para que o aluno realize novamente o exame de vista e psicotécnico.

A grande diferença, é que o aluno não precisa realizar aulas teóricas, indo diretamente para as aulas práticas. Após isso, o aluno já pode realizar o exame, e se aprovado, terá sua habilitação com adição da categoria desejada.

Pontuação CNH: como funciona?

A habilitação pode receber pontos, que geralmente são de no máximo 21. Esses pontos são recebidos na habilitação, a medida em que a pessoa recebe multas por irregularidades no trânsito.

Essas multas são classificadas como graves, gravíssimas ou leves, por exemplo. Isso determina a gravidade do ocorrido e acrescenta os pontos.

Se a pessoa, em um ano, chegar aos 21 pontos, ela perde a carteira de habilitação. A pontuação CNH obtida por conta das multas tem duração de um ano a partir do dia da infração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *