Menu fechado

Carteira de motorista: como dirigir carros em segurança

O automóvel revolucionou o modo de produção em fábricas, indústrias e empresas de modo geral, tornando-a mais produtiva. Além das mudanças na forma de produzir e trabalhar, os carros e demais veículos de locomoção também se tornaram o sonho de consumo de muitas pessoas.

Ter um meio de transporte particular, além de mostrar um poder aquisitivo valorizado pela sociedade atual, também permite a locomoção de forma mais prática e ágil. Ou seja, o tempo – artigo de luxo nos dias atuais – é otimizado e permite uma liberdade de locomoção maior ao seu proprietário.

Contudo, antes de comprar um veículo e sair conduzindo, é importante ser habilitado para desempenhar tal atividade e essa habilitação só é concedida sob algumas condições, sendo elas:

  • Ter 18 anos ou mais;
  • Saber ler e escrever;
  • Possuir documento de identificação – RG e CPF;
  • Ser aprovado no exame de condução.

No Brasil, dependendo do veículo que se pretende dirigir, é necessário ter uma carta de condução especifica. Assim, há atualmente cinco categorias de carteira de motorista:

  1. Categoria A: condução de motos;
  2. Categoria B: condução de automóveis;
  3. Categoria C: condução de caminhões;
  4. Categoria D: condução de ônibus e vans;
  5. Categoria E: condução de automóveis e caminhões com unidades acopladas.

Auto Escola

A auto escola é um centro de educação especializada na formação de motoristas, na qual a teoria e a pratica do automobilismo são aprendidas. Para a aquisição da CNH, o condutor precisa passar por algumas provas médicas que garantem as condições de visão, audição e aptidões psicofísicas de maneira geral.

Além dessa provas, o aluno também precisa passar na prova teórica, composta pelos conhecimentos no regulamento de transito brasileiro e prova prática que é a habilidade de aplicar os conhecimentos teóricos na condução do veiculo escolhido.

A finalidade desses centros de especialização dos condutores é assegurar que os motoristas desenvolvam as habilidades e conhecimentos adequados para andar pelas diversas vias que compõem as ruas e rodovias brasileiras, além de promover a cultura de segurança no trânsito.

Há também a auto escola para deficientes, que são instituições especializadas em ensinar e garantir que pessoas que possuam algumas limitações físicas ou psicológicas possam ser habilitadas e terem a liberdade de ir e vir conduzindo o seu próprio veiculo.

Por vezes, os automóveis das pessoas com deficiência precisam ser modificados para que seja viável a condução do veiculo sem dificuldades ou transtornos ao condutor.

Segurança

Após passar nos exames e ser habilitado a dirigir, é importante também que o proprietário do carro conduza um veiculo que esteja em boas condições de uso. Uma das formas de assegurar isso é por meio da vistoria veicular, um serviço realizado a fim de analisar o estado de conservação e manutenção dos veículos.

Ao realizar esse procedimento, o automóvel é avaliado e impedido de circular fora do padrão ou sem condição de rodagem.

De acordo com as normas brasileiras de transito, a vistoria precisa ser realizada na esfera estadual ou por intermédio de empresas credenciadas, conhecidas como Empresas Credenciadas em Vistorias de Veículos, que fornece o laudo de vistoria ecv.

É importante ressaltar que há uma diferença entre a vistoria e inspeção, no primeiro caso o profissional analisa os carros por meio de recursos visuais sem utilizar equipamentos de testes avançados ou elaborados. Já no segundo, a verificação é feita por meio da rodagem do veículo e uso de equipamentos tecnológicos.

Empresas de transporte

O fato de saber dirigir não fornece apenas a liberdade de ir e vir, mas também profissionaliza e capacita a pessoa a ser um profissional responsável pelo transporte de objetos ou pessoas.

Atualmente, as empresas de logísticas e transporte precisam desses profissionais para realizar o translado em diferentes locais e vias.

Nessa empresa, a fim de garantir a segurança do veiculo, bem como a do condutor, elas investem em tecnologias que permitem o rastreamento e controle das condições do veiculo.

Além dos GPS, há no mercado algumas outras tecnologias como tacógrafo digital que monitora tempo, velocidade e distancia percorrida. Ademais, permite verificações para evitar falhas e perigos ao motorista.

Dessa forma, o investimento em profissionais especializados e tecnologias permitem a realização de um trabalho de qualidade, seguro e assertivo, tanto para o profissional quanto para a empresa e seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *