Menu fechado

Carros e suas tecnologias

A indústria automotiva é campeão em apresentação de novas tecnologias para o setor com a finalidade de modernizar cada vez mais os carros. Todos os modelos novos chegam com uma tecnologia que os diferencia do anterior e dos demais, revitalizando o modelo no mercado e atraindo novos compradores e curiosos do segmento.

Além dos grandes investimentos em excelentes campanhas de marketing, contratando as melhores empresas que apresentem as ideias mais inteligentes para mostrar os veículos novos ou revitalizados por novas tecnologias, por exemplo, as mais diversas atualizações de um item antigo, que é o guincho.

Além da contratação de pessoas famosas como atores e atrizes, cantores, atletas, todos para associar sua imagem construída a marca de veículos, para valorizar e ajudar a alavancar as vendas.

Mas algumas coisas em veículos sofrem poucas alterações. É claro que a ideia sempre é alterar para melhor, trazer evolução tecnológica para o modelo, melhorando o desempenho e proporcionando uma experiência muito melhor para o motorista.

Uma tecnologia que sofreu alteração há bastante tempo e depois vem apenas desenvolvendo melhorias é o aparelho de injeção eletrônica. A injeção eletrônica foi lançada no Brasil em 1988 e, desde então, vem apresentando grandes mudanças e novos componentes.

A injeção eletrônica veio em substituição ao carburador. O propósito é de melhorar o desempenho do motor na queima de combustível, reduzindo o nível de poluição produzido pela queima do combustível. Também, para melhorar o desempenho na potência, resposta rápida e economia de combustível.

O aparelho para injeção eletrônica é o scanner automotivo, que tem a função de detectar e corrigir falhas no sistema de injeção eletrônica.

Tecnologia em caminhões

No caminhão, a tecnologia para melhorar o desempenho do motor, é diferente, porque os veículos usam combustível diferente, o diesel. No caminhão o conjunto usado é a bomba de injeção.

No motor com combustível diesel, o conjunto utiliza bomba de injeção. Antes, pelo sistema de indução, o ar é aspirado para o interior do cilindro e comprimido a uma taxa muito superior à de um motor à gasolina.

Quando o ar está comprimido, o diesel é injetado no ar comprimido, entrando em combustão espontânea. Este sistema dispensa o uso de centelha utilizado nos motores a gasolina / álcool.

Tecnologias externas

Existem tecnologias que foram desenvolvidas para atender a necessidades externas, como a carretinha. Esse é um equipamento externo, com identificação própria, placa registrada e é muito utilizado para levar cargas extras que não cabem dentro do veículo.

Existem vários modelos desse tipo de veículo para diferentes aplicabilidades, como:

Em razão da aplicabilidade, os modelos de carreta reboque como também é conhecido, são diferente e por isso, também diferem no preços. Existem vendedores particulares, que anunciam esse produto.

Todos estão disponibilizados em sites particulares de venda e permuta, não tendo informações sobre documentação ou como a venda será realizada. Tudo é tratado diretamente com o vendedor.

Os valores são diferenciados. Uma carretinha usada pode ter um custo bem diferente de um modelo para levar quadriciclo, por exemplo. Por isso, a pesquisa é muito importante, até para evitar gastos desnecessários

Um tópico importante com relação à carreta reboque é sobre a necessidade de possuir habilitação para ter autorização de condução deste veículo.

Segundo a legislação, Os veículos com peso bruto total (PBT) de até 3.500kg (soma dos pesos do veículo, unidade acoplada e carga) só podem ser dirigidos por motoristas habilitados na categoria B.

Possuir um veículo sempre é de grande valia, tanto porque veículos também são investimentos quanto pelo conforto, mobilidade e facilidade que o carro próprio concede aos seus donos. Porém, como já visto, também é necessário um investimento para manter o veículo em boas condições de funcionamento.

Para adquirir um carro, é necessário investimento. Faça orçamentos optando por modelos mais próximos de sua renda e que a manutenção não seja muito cara. Verifique condições de parcelamento que caibam no seu orçamento e isso também está ligado a marca e modelo.

É necessário fazer essa escolha com responsabilidade para que isso não se torne um problema no futuro, principalmente com dívidas, trazendo empecilhos na situação econômica.

E ai o carro deixaria de ser um benefício para se tornar um peso. Carros são tecnologias avançadíssimas que trazem muitos benefícios. Seja como for, invista no melhor para você e para sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *