Menu fechado

Caminhoneiros cuidam da manutenção de veículos para segurança

manutenção

As estradas e rodovias do país atendem os municípios de norte a sul, com carros, motos, carretas e caminhões fazendo parte do cenário de diferentes formas. O transporte de cargas é um dos principais elementos da economia nacional, pois diversas matérias-primas e produtos manufaturados são conduzidos entre os trechos de criação, produção e transformação.

A distribuição para o mercado consumidor também fica sob a responsabilidade dos caminhoneiros, que transitam milhares de quilômetros para atender a demanda comercial, que movimenta a economia do país.

Dessa forma, é importante destacar que sem o transporte de carga pesada e os caminhoneiros, a economia do país pode sofrer um impacto imediato se houver uma parada forçada.

Mão de obra especializada cuida da manutenção

Com tanta importância na logística de movimentação de carga ao longo das estradas, é preciso lembrar que a manutenção do veículo é de extrema importância.

O caminhão é a ferramenta de trabalho dos motoristas, logo, os cuidados com a manutenção devem ser programadas de maneira acertada, inclusive na escolha do profissional responsável por este tipo de serviço.

As parcerias profissionais fazem parte da rotina de um caminhoneiro, tanto para conquistar clientes quanto para deixar o caminhão para reparos em uma oficina mecanica especializada e com mão de obra capacitada.

É preciso verificar se o espaço possui uma área para comportar o veículo de carga pesada e se as ferramentas são desenvolvidas para as tarefas que, muitas vezes, são pontuais e necessárias.

O mercado oferece diversos estabelecimentos comerciais que atendem este tipo de manutenção. Mas, a confiança precisa ser recíproca e verdadeira, para que o custo-benefício seja vantajoso na hora de substituir peças e realizar reparos.

O caminhoneiro precisa estar atento a alguns sinais antes de confiar a manutenção de seu veículo, como:

  • Movimentação da oficina;
  • Disponibilidade de peças em estoque;
  • Infraestrutura e conforto dedicado ao caminhoneiro;
  • Capacitação técnica dos mecânicos.

Uma oficina mecânica para caminhões deve atender os profissionais a qualquer tempo, pois esta categoria não para e está nas estradas diariamente, de segunda a segunda, durante todos os dias do ano.

Por isso, os estabelecimentos voltados para manutenção e consertos disponíveis nas estradas, por exemplo, devem contar com uma área de atendimento ao motorista, pois o tempo de manutenção pode ser demorado.

Serviços e acessórios garantem segurança

As oficinas devem oferecer diversos serviços de manutenção, assim como a venda de acessórios que reforcem a segurança dos motoristas nas estradas. A aplicação da tela para caminhão, por exemplo, pode ter duas funções distintas.

A primeira é a do tipo sensorial, que pode ser instalada nas janelas dos veículos, impedindo o acesso de pessoas mal-intencionadas ao interior do veículo.

O segundo tipo de tela, muito comum em caminhões que transportam cargas do setor agrícola, são as telas para caçamba, que atuam na proteção dos produtos carregados na traseira dos veículos e ajudam na descarga, no ponto final, de forma prática e segura.

Dependendo do peso de produtos transportados, é preciso que o caminhão seja adaptado, incluindo o alinhamento e balanceamento do veículo para que a carga siga de forma protegida e segura, com todos os cuidados necessários durante todo o trajeto.

Documentação em ordem para uma viagem tranquila

O motorista profissional precisa ter a carteira de habilitação na categoria correta, principalmente, aqueles que querem conduzir veículos de carga pesada pelas estradas do país.

Para dirigir veículos com capacidade de carga de até seis toneladas, o motorista profissional precisa ter a habilitação categoria D, em conformidade com a legislação que rege o trânsito nacional.

Essa carteira de motorista também permite a condução de veículos que excedam o número de passageiros acima de oito ocupantes, permitindo o trabalho em vans escolares e ônibus de transporte público ou privado.

Para os motoristas que possuem categorias inferiores para a condução de veículos, é preciso seguir algumas regras para poder ter acesso às categorias mais altas.

Por isso, a adição de categoria CNH vencida deve ser realizada dentro de um prazo determinado, com cursos específicos para cada situação em que o motorista vai atuar.

Além da documentação do motorista profissional, o veículo deve atender a todas as normas e regulamentações em conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro.

Os acessórios obrigatórios, como cinto de segurança, faixas refletivas, estepes, identificação de carga e tacógrafo, por exemplo, devem estar devidamente guardados em local apropriado, para a apresentação em paradas policiais rodoviárias, ou em postos de fiscalização.

Com isso, percebe-se como a segurança rodoviária está atrelada aos cuidados com os acessórios presentes em um caminhão e a manutenção preventiva e corretiva do veículo, conforme a necessidade e a indicação dos fabricantes, válido para o motorista e todos os que estão em seu entorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *