Menu fechado

15 razões que tornam os produtos de borracha populares em carros

A borracha originou-se da seiva das árvores da seringueira (Hevea brasiliensis), no período pré-colombiano, onde os nativos da América do Sul brincavam, moldando em forma esférica e oca. No Brasil, os índios nativos da Amazônia, conheciam como cauchu, que significa árvore que chora e entre 1879 a 1912 o ciclo da borracha viveu seu auge.

Os processos industriais fizeram com que a borracha ganhasse poderes, dando a ela mais resistência e elasticidade, podendo esticar e comprimir ainda mais, novas funções e finalidades foram destinadas à ela.

As propriedades da borracha, fizeram com que ela se tornasse um dos materiais elementares para a produção em grande escala de automóveis, não só por se aderir totalmente aos metais, mas por apresentar condições isolantes e térmicas de fluidos.

Na segunda metade do século XlX, a borracha já atraía investidores de todo mundo por suas propriedades elásticas

A partir do processo de vulcanização que ela ficou ainda mais versátil e lucrativa para a indústria automobilística.

Veja as 15 razões que transformaram a borracha fundamental para automóveis:

1 – Densidade e flexibilidade: imagine um tapete de um automóvel, agora imagine esse tapete não sendo composto de borracha. Nenhum outro material aguentaria o atrito. A densidade da borracha, principalmente quando falamos de tapetes, é muito importante, quanto mais leve, denso, e resistente, mais interessante são para a indústria, mas isso não se aplica apenas a tapetes automobilísticos, imagina um lençol de borracha 3mm feito de qualquer outro material, que não a borracha, seria impossível;

2 – Dureza e resistência à penetração: está ligado à resistência de perfuração e impacto – os pneus e os pisos emborrachados do assoalho do carro são um bom exemplo, nenhum outro elemento impediria a degradação e perfuração dos objetos cortantes;

3 – Resistência à rasgos: o pneu é uma prova de que a resistência a rasgos, da borracha, é incrível, antes de chegar ao consumidor final, a indústria avalia essa borracha, expondo-o à provas e condições extremas, esticam, queimam, contraem, até que o pneu se rasgue, situações urbanas demoraram anos para acontecer;

4 – Flexão e contração: peças automobilísticas pesam de 0,7g a 530 kg. Para usar um material que seja flexível e forte ao mesmo tempo, como um amortecedor de borracha, é necessário o uso da borracha. O amortecedor, normalmente, é feito de ferro ou aço, no caso das flexões e contrações – no qual o amortecedor de borracha suporta a peça – o de ferro ou aço não aguentariam;

5 – Látex ou petróleo: ele provê tanto do meio natural quanto do petróleo;

6 – Pode se agrupar ou isolar de outras matérias: Sim, ela pode virar outros tipos de material e podem se agrupar em plásticos ou em outros componentes que compõe seu automóvel;

7 – Não conduz eletricidade: alguns componentes precisam dessa vedação, isolando faíscas de materiais de fácil combustão;

8 – Isolante: As calhas dos vidros, e mangueira de alguns circuitos são feitos de borracha, pelo fato de ser isolante, ou seja, protege o ambiente interno do externo;

9 – Resistente à fluídos, gases e líquidos: quando abastecemos o carro, um caminho enorme percorre do tanque até o motor, transformando a gasolina em energia, a borracha é o material impermeável que barra os agentes corrosivos dos gases e líquidos;

10 – Resiste à baixas temperaturas: Por mais frio que esteja, a borracha nunca se torna tão dura a ponto de solidificar-se e não voltar ao seu estado natural.

11 – Resistência à abrasão: Há veiculos raros da década de 70, que ainda possuem seus materiais emborrachados de fábrica.

12 – Se ele for riscado, muito facilmente voltará ao seu estado natural.

13 – Reciclável: Apesar de a borracha estar presente em grande parte do lixo que é produzido, grande parte das borrachas dos automóveis é reciclada.

14 – Se adere muito bem aos metais: elemento químico Fe, muito presente em automóveis.

15 – Emprego: Ela gera emprego desde o setor extrativista da Amazônia até fabricantes grandes de petróleo, além também de movimentar a balança comercial.

A borracha está presente em diversos lugares do automóvel

A borracha está presente no volante, nos acessórios do painel, estofado, retrovisor, componentes, tanto elétricos quanto mecânicos, e em partes substituíveis do seu automóvel.

Alguns equipamentos e acessórios emborrachados substituíveis são achados em muitas lojas destinadas à peças para automóveis, já que o mercado sempre esteve em crescimento, por exemplo: um lençol de borracha preço varia entre R$22,50 a R$50,00, e o tapete borracha metro está em torno de R$20,00. Pesquise para ver se é original, pois muitos produtos falsificados não tem a qualidade de um produto de fábrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *